Theresa May diz que não tem preocupações com o estado mental de Trump

LONDRES (Reuters) – A primeira-ministra britânica, Theresa May, descartou as preocupações sobre a aptidão mental de Donald Trump, dizendo que o presidente dos EUA atua no que ele vê como o melhor interesse de seu país.

Um novo livro do jornalista Michael Wolff cita conselheiros proeminentes do Trump como questionando a competência do presidente.

Perguntou em uma entrevista se ela achava que preocupações sobre o estado mental de Trump eram graves, May disse: “Não”.

Ela disse que “quando lido com o presidente Trump o que vejo é alguém que está empenhado em garantir que ele esteja tomando decisões nos melhores interesses dos Estados Unidos”.

Na entrevista divulgada na BBC no domingo, maio reafirmou que Trump iria visitar a Grã-Bretanha. Ela não deu uma data ou disse se seria uma visita de estado completo ou uma viagem de trabalho de baixo nome.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*