Pelo menos 8 imigrantes se afogam depois que o bote afunda na costa da Líbia

Pelo menos oito pessoas se afogaram e dezenas mais estão desaparecidas depois que um bote de borracha afundou sábado no mar Mediterrâneo ao largo da costa da Líbia, de acordo com relatórios.

O barco migrante deixou Garbouli, a leste da capital líbia de Trípoli, com mais de 100 pessoas a bordo, disse um oficial militar da Líbia.

Oitenta e seis foram resgatados no sábado depois que um avião italiano da Guarda Costeira viu o navio vacilante enquanto patrulhava contrabandistas.

De acordo com o grupo humanitário espanhol Proactiva Open Arms, faltam dezenas de pessoas a bordo do barco. As oito vítimas confirmadas eram todas mulheres, comandante da Guarda Costeira da Itália. Sergio Liardo disse ao canal de TV RaiNews24.

Liardo disse que o bote aparentemente desinfetado de uma punção. O bote estava meio sumergido quando os socorristas encontraram, de acordo com a agência de notícias italiana ANSA.

Cerca de 20 pessoas foram encontradas a bordo do barco. As autoridades juraram procurar por sobreviventes durante a noite.

Acredita-se que seja o primeiro barco migratório a se espalhar no Mediterrâneo este ano. Cerca de 3.100 pessoas morreram tentando atravessar em 2017.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*